Grupo de Pesquisa – GPAC

Logo GPAC rgb

Definição:

O grupo propõe investigar, sob uma visão interdisciplinar, conceitos, práticas e processos concernentes às atividades criativas e culturais no território das regiões das Missões e da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, tendo como perspectiva o desenvolvimento local e regional.

 

Objetivos:

Busca compreender a partir do encontro de diferentes áreas do conhecimento, tais como a administração, antropologia, comunicação, economia, política, sociologia, etc., os processos e os produtos gerados por atores, agente e instituições no campo criativo e cultural.

 

Visa analisar o conjunto de atividades constituintes da indústria criativa, considerando seus diversos campos de investigação, ou seja, a publicidade, o audiovisual, a música, o conteúdo digital, o rádio, a televisão, o artesanato, etc..

 

Investigar como essas atividades podem modificar e transformar as formas de pensar, executar, distribuir e gerenciar os processos que tem como base o conteúdo criativo, incidindo diretamente no ciclo de produção.

 

Linhas de Pesquisa:

– Processos criativos e gênero no desenvolvimento:

Compreender as atividades criativas e culturais na sua interface com o desenvolvimento, a partir das manifestações e capacidades das mulheres nesse contexto.  Além de analisar como essas empregam as especificidades do local como elementos para a sua criatividade. E ainda ampliar a reflexão sobre a mulher como um agente de desenvolvimento em que a criatividade e a cultura se constituem em recursos para a sua intervenção.

 

– Constituição, organização e gestão das atividades criativas e culturais:

Investigar a concepção, a constituição, a organização e a operacionalização dos processos criativos e culturais dentro do campo econômico, político e de gestão. Além de compreender as práticas dos diferentes agentes e instituições dentro da produção criativa e cultural, ao visualizar a configuração dessas práticas no desenvolvimento simbólico e na articulação existente em cada território.

 

Tecnologias audiovisuais, memória e identidade:

Compreender as mídias audiovisuais e as características sociotécnicas que as constituem produtos e produtoras de memória e identidade desde atividades criativas e culturais, bem como as estéticas e linguagens  características destas tecnologias. Pesquisa as tecnologias audiovisuais em perspectiva antropológica e sociológica e desenvolve investigações teórico-metodológicas sobre sujeitos, instituições, comunidades, e contextos sociais  produtores de atividades criativas e culturais.